Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Cursos de graduação EAD

Descubra qual é a diferença entre hardware e software

Cursos de graduação EAD

O que são linguagens de programação?

Cursos de graduação EAD

Descubra qual é a diferença entre hardware e software

Mariana Moraes
Por Mariana Moraes em Jan 20, 2023 11:42:23 AM | 5 min de leitura

Você deseja trabalhar na área da tecnologia? Saber a diferença entre hardware e software é um dos conhecimentos essenciais.

Esses dois componentes estão muito presentes em nosso dia a dia, seja nos smartphones ou computadores pessoais. Contudo, é muito comum não entender perfeitamente o significado desses conceitos ou como se aplicam às tecnologias presentes em nossa rotina. 

Pensando nisso, neste artigo, apresentamos o significado de hardware e software e quais as funções de cada um deles. 

Compreender esses conceitos pode ser o primeiro passo para trilhar sua carreira na área da tecnologia. Fique conosco!

Aqui você vai conferir:
O que é software 
Tipos de software 
Exemplos de software 
O que é hardware 
Tipos de hardware 
Diferença entre hardware e software
Cursos de tecnologia para trabalhar com hardware e software 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

O que é software 

Software é o conjunto de programas e instruções que fazem o hardware de um computador funcionar

Ele é responsável por realizar tarefas específicas, como processamento de texto, navegação na internet, edição de áudio e vídeo, entre outras. 

Existem vários tipos de software, incluindo sistemas operacionais, aplicativos de escritório, jogos, ferramentas de desenvolvimento e aplicativos móveis. 

Os softwares são escritos em linguagens de programação, como C++, Java, Python, entre outras. Ele é instalado no computador e pode ser desinstalado ou atualizado conforme necessário.

Tipos de software

Existem vários tipos de software, mas alguns dos principais incluem:

  • Sistemas operacionais: responsáveis por gerenciar e controlar o hardware do computador, permitindo que outros programas funcionem. 
    Exemplos incluem Windows, macOS, Linux;
  • Aplicativos de escritório/trabalho: programas utilizados para criar e editar documentos, planilhas e apresentações. Exemplos incluem Microsoft Office, Google Docs, LibreOffice;
  • Jogos: programas desenvolvidos para entretenimento, com gráficos e interações complexas;
  • Ferramentas de desenvolvimento: programas utilizados por desenvolvedores para criar, testar e depurar outros softwares;
  • Aplicativos móveis: programas desenvolvidos para dispositivos móveis, como smartphones e tablets;
  • Utilitários: programas desenvolvidos para realizar tarefas específicas, como backup, compressão de arquivos, desfragmentação de disco, etc;
  • Aplicativos de internet: programas que permitem acesso e utilização da internet, como navegadores, clientes de email, etc;
  • Software de edição de áudio e vídeo: programas utilizados para editar, produzir e manipular áudios e vídeos.

>>> Leia mais: O que é TI? Descubra tudo sobre a área!

Exemplos de software 

Levando em conta os tipos de software apresentados acima, trazemos alguns exemplos que ilustram cada um deles:

  • Sistemas operacionais: Windows, macOS, Linux;
  • Aplicativos de escritório: Microsoft Office, Google Docs, LibreOffice;
  • Jogos: Grand Theft Auto V, The Last of Us Part II, Minecraft;
  • Ferramentas de desenvolvimento: Visual Studio, Eclipse, Xcode;
  • Aplicativos móveis: WhatsApp, Instagram, Facebook;
  • Utilitários: CCleaner, WinRAR, Malwarebytes;
  • Aplicativos de internet: Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari;
  • Software de edição de áudio e vídeo: Adobe Premiere Pro, Final Cut Pro, Audacity.
Diferença entre hardware e software - profissional em frente a notebook analisando seus componentes

O que é hardware 

Hardware é o termo usado para se referir aos componentes físicos de um computador, ou seja, aqueles que podem ser tocados e vistos. Ele é composto por diversos elementos como:

  • CPU (Central Processing Unit): responsável pelo processamento de dados e instruções do computador;
  • Placa-mãe: componente principal que conecta todos os outros componentes do computador;
  • Memória RAM: armazena dados temporariamente para acesso rápido pelo processador;
  • Disco rígido (HDD) ou unidade de estado sólido (SSD): armazena dados de forma permanente;
  • Placa de vídeo: responsável por processar e exibir gráficos;
  • Placa de som: responsável por processar e reproduzir áudio;
  • Placa de rede: permite a conexão com a internet ou uma rede local;
  • Dispositivos de entrada: como teclado, mouse, câmera, etc;
  • Dispositivos de saída: como monitor, caixas de som, impressora, etc.

Tipos de hardware 

Existem vários tipos de hardware, alguns dos principais incluem:

  • Computadores pessoais (PCs): incluindo desktops e laptops;
  • Dispositivos móveis: incluindo smartphones e tablets;
  • Servidores: computadores utilizados para fornecer recursos e serviços para outros dispositivos;
  • Dispositivos de armazenamento: incluindo discos rígidos, unidades de estado sólido (SSD), discos externos e dispositivos de armazenamento em nuvem;
  • Dispositivos de entrada: incluindo teclado, mouse, câmera, scanner, entre outros;
  • Dispositivos de saída: incluindo monitores, caixas de som, impressoras, entre outros;
  • Dispositivos de rede: incluindo roteadores, switches, modems, placas de rede, entre outros;
  • Periféricos: incluindo dispositivos adicionais como webcams, dispositivos de armazenamento externos, dispositivos de captura de áudio e vídeo, entre outros;
  • Dispositivos de segurança: incluindo firewalls, sensores de movimento, câmeras de segurança, entre outros;
  • Dispositivos IoT (Internet das coisas): como câmeras inteligentes, assistentes de voz, dispositivos de automação residencial, entre outros.

>>> Leia mais: O que todo profissional de TI precisa saber sobre código aberto

Diferença entre hardware e software

Agora que você compreende os conceitos de hardware e software, deve estar mais clara a diferença entre essas duas tecnologias. 

Hardware é o termo usado para se referir a todos os componentes físicos de um computador. Ou seja, é tangível e pode ser tocado e visto. 

O software, por outro lado, é o conjunto de programas e instruções que fazem o hardware funcionar. Ou seja, é intangível e consiste em códigos e programas. Ele é o conjunto de instruções que dão as ordens para o hardware realizar tarefas específicas. 

Assim, em resumo, podemos dizer que hardware é o que você pode tocar e ver, enquanto software, é o que você não pode tocar, mas é necessário para que o hardware funcione.

Cursos de tecnologia para trabalhar com hardware e software 

E aí, gostou de conhecer mais sobre a diferença entre hardware e software?

As explicações que trouxemos aqui são apenas o básico da Tecnologia da Informação (TI), existem diversos outros conceitos e conhecimentos essenciais para atuar nessa área. 

E se você deseja seguir carreira na TI, é indispensável investir em uma boa formação. Aqui no EAD UMC, temos três cursos de graduação que vão prepará-lo para atuar nesse ramo, são eles:

Conheça mais sobre esses cursos e fique por dentro de nossas opções de bolsas de estudos. Fazer um curso superior é um importante passo para acelerar sua carreira na TI.

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Cursos de graduação EAD

Veja mais conteúdos da UMC sobre EAD e educação

O que são linguagens de programação?

As linguagens de programação são ferramentas importantes para desenvolver softwares e aplicativos que tornam a vida ...
5 min de leitura

Desenvolvedor de aplicativos: o que faz, salário e perfil

Você sabia que o Brasil é o segundo país em que o mercado de criação de apps mais cresce no mundo? O dado é do ...
5 min de leitura

O que faz um gestor de comunidade, profissão em alta em 2023

Você já ouviu falar do cargo de gestor de comunidade? Essa é uma das profissões destaque de 2023! Com a disseminação ...
4 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Cursos de graduação EAD
Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Posts mais recentes