Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Enem

Quando usar senão ou se não: dicas para não errar mais

Enem

3 livros de Guimarães Rosa que já caíram no Enem

Enem

Quando usar senão ou se não: dicas para não errar mais

Redação
Por Redação em Dec 1, 2021 10:42:53 AM | 8 min de leitura

“Senão” ou “se não”: você sabe quando usar cada uma dessas expressões?

Os termos “senão” e “se não” causam confusão em muita gente. Afinal, são palavras homófonas, ou seja, que possuem o mesmo som e pronúncia.

Essa similaridade das expressões é o que faz com que muitas as utilize como sinônimos. Contudo, é importante enfatizar que cada uma delas é empregada em um contexto diferente na língua portuguesa. 

Dessa forma, trocar “senão”, escrito junto, por “se não”, escrito separado, é considerado erro gramatical na maioria dos casos. 

Já imaginou se você está escrevendo a redação do Enem e comete esse equívoco? Venha entender a diferença e quando empregar “senão” ou “se não” neste artigo. 

Confira:
O que significa a expressão "senão" 
O que significa a expressão “ se não”
A diferença entre "senão" e "se não" 
Quando usar o "senão"
Quando usar “se não”
BÔNUS: macete para não errar o uso de “senão” e “se não”
Exemplos de uso do "senão" e do "se não" 
4 exercícios de "senão" e "se não" para praticar 
Conclusão 

Descubra os segredos para tirar nota 1000 na redação do ENEM!

O que significa a expressão "senão" 

Para compreender o significado da expressão “senão”, escrito junto, é importante conhecer primeiro as classes gramaticais que essa palavra pode ocupar. 

Dentro da língua portuguesa, o termo “senão” pode ser uma conjunção, uma preposição e um substantivo masculino

Como preposição, “senão” indica uma limitação ou exceção, podendo ser substituída por palavras como “exceto”, “salvo”, “fora”, “a não ser” e “menos”. 

Como conjunção, “senão” se refere a uma consequência negativa de uma afirmação anterior, sendo sinônimo de “caso contrário”, “de outro modo” e “do contrário”.

Por fim, como substantivo, a expressão “senão” é utilizada como sinônimo de “problema”, “imperfeição”, “falha” ou “algo com defeito”.

O que significa a expressão “ se não”

A expressão "se não", escrita de forma separada, é uma sequência formada pela conjunção “se” e pelo advérbio “não”

Esse termo é utilizado como conjunção condicional ou integrante, indicando uma relação de hipótese entre as frases que liga.  

Em função disso, “se não” expressa a ideia de “caso não” e “quando não” em uma sentença.

🙋 100 questões para você estudar e se preparar para o Enem!

A diferença entre "senão" e "se não" 

A palavra “senão” é uma conjunção, certo? Foi o que vimos no primeiro tópico anterior do artigo.

Dependendo do contexto, “senão” pode ser uma conjunção alternativa (indicando alternância) ou uma conjunção adversativa (indicando oposição). 

Por isso, essa conjunção pode significar “do contrário”, “mas”, “exceto” ou “a não ser”, dependendo do contexto.

Já a expressão “se não”, é composta por uma conjunção condicional (“se”) e por um advérbio de negação (“não”). Lembra?

Assim, é uma expressão usada para indicar a negação de uma condição, podendo ser substituída por “caso não”.

O tipo de conjunção que expressam é a principal diferença entre “senão” e “se não”. Por isso, é essencial atentar-se ao sentido da frase na hora de decidir qual dos termos empregar. 

Em alguns casos, o uso das palavras é considerado facultativo, ou seja, tanto é possível utilizar a expressão “se não” quanto utilizar a conjunção “senão”. 

Entenda a seguir quando usar especificamente cada um!

Quando usar o "senão"

A conjunção “senão” pode ser usada em contextos para indicar alternância ou oposição. Além de ser usado como conjunção, a palavra “senão” pode ser usada como substantivo, casos em que significa “defeito”, “problema”, “imperfeição”, “falha”.

Ou seja, escrevemos “senão” quando o termo tem sentido de:

  • Caso contrário, do contrário

Exemplos:

Não esqueça do casaco, senão você pode passar frio no caminho de volta.

Ela tem que ir a festa amanhã, senão vai perder todos os seus amigos.

  • A não ser, exceto, mais do que

Exemplos:

Ultimamente não penso em outra coisa, senão estudar.

Do ex-namorado não ficou outra coisa senão desprezo.

  • Mas, mas sim, mas também

Exemplo:

Você não pode apenas recusar a proposta, senão sugerir opções.

  • Defeito, erro
Exemplo:

Não foi constatado nenhum senão em seu trabalho de final de semestre.

Quando usar “se não”

A expressão “se não” deve ser pensada como duas palavras separadas. É o sinônimo de “caso não”, ou seja, a negativa de uma condição.

Dessa forma, escrevemos “se não” quando o termo tem sentido de:

  • Quando não
Exemplos:

Terminar as demandas do trabalho se tornou uma tarefa árdua, se não impossível.

A atitude de Ana, se não acabar de vez, deixará sua amizade enfraquecida.

  • Caso não
Exemplos:

Ela vai perder o emprego, se não deixar de chegar atrasada todos dias.

Ele vai acabar sozinho, se não conseguir ser mais compreensivo. 

  • Conjunção integrante (inicia uma oração objetiva direta)
Exemplos:

Ela queria saber se não daria para terminar no mesmo dia.

Perguntou se não aceitarei o convite para jantar.

🎁 BÔNUS: macete para não errar o uso de “senão” e “se não”

senão ou se não - pessoa escrevendo em caderno que está apoiado sobre uma mesa

Agora que você já entende quando usar “senão” ou “se não”, vamos ensinar um pequeno macete para quando surgir uma dúvida na hora de escrever. 

Observe a frase: “Explique-se com calma, senão ninguém vai entender”. Você acha que esse “senão” está correto? Sim, está, mas por que?

Devemos escrever “senão” tudo junto, pois termo tem sentido de “do contrário”. Olhe como a frase ficaria se trocássemos as expressões: “Explique-se com calma, do contrário ninguém vai entender”. Faria sentido, não é mesmo?

Agora, você se lembra que “se não” tem sentido de “caso não”? Vamos observar como ficaria a frase anterior se substituíssemos por essa expressão: “Explique-se com calma, caso não ninguém vai entender”. Fica um pouco estranho, não é mesmo?

Nesse exemplo, só poderíamos escrever “se não” se houvesse um vírgula logo a seguir, mas não é o caso. 

Dessa forma, uma ótima forma de entender quando usar “senão” ou “se não” é trocar pelas expressões “do contrário” e “caso não”, observando se as inserções fazem sentido.

Resumo:

Senão = caso contrário

Venha rápido, senão não chegaremos a tempo!

Se não = caso não

Venha rápido, se não, não chegaremos a tempo!

Venha rápido, se não (vier), não chegaremos a tempo!

Exemplos de uso do "senão" e do "se não" 

Abaixo, trazemos alguns exemplos de uso de “senão” e “se não”. Confira:

Senão

  • Helena não conseguiu a promoção por favores, senão por dedicação.   
  • Ela chorou muito não por medo, senão por frustração.
  • Aquela minha amiga tem apenas um senão, é muito fofoqueira.
  • O aluno não fez nada senão bagunça. 
  • O bebê não comeu nada senão um prato de mingau. 
  • Venha rápido, senão não chegaremos a tempo!
  • Saiam agora de casa senão vocês perderão o avião.

Se não

  • Se não conseguir entregar o projeto hoje, não se preocupe.
  • Se não fosse sua ajuda, não conseguiria terminar meus afazeres.
  • Se não me engano, é já no próximo prédio.
  • Você fala como se não o conhecesse.

4 exercícios de "senão" e "se não" para praticar 

Hora de praticar: confira quatro exercícios sobre o emprego de “senão” ou “se não”:

  1. (FGV) A frase cuja grafia do vocábulo sublinhado está correta é:

a) Ambição não é nada se não a sombra maligna da aspiração.
b) O que é uma erva daninha se não uma planta cujas virtudes ainda não foram descobertas?
c) Liberdade não é nada se não a distância entre a caça e o caçador.
d) Se você espera pelo amanhã, o amanhã chega; se não espera pelo amanhã, o amanhã chega.
e) A civilização nada mais é se não uma camada de pintura que qualquer chuvinha lava.

  1. (Cesgranrio) As razões _________ não simpatizo com você são muitas. Não faça críticas negativas, _________ se arrependerá. O que eu disser poderá ser _________ interpretado. A opção cuja sequência completa, corretamente, as sentenças acima é

a) por quê - senão - mal
b) por que - senão - mal
c) porquê - se não - mal
d) porque - se não - mau
e) porque - senão – mau

  1. (FGV) Assinale a frase em que a forma sublinhada está corretamente grafada.

a) “O que é a honestidade, se não o medo da prisão?”
b) “Nada é bom ou ruim se não for por comparação.”
c) “Conheceríamos bem melhor muitas coisas senão quiséssemos identificá-las com tanta precisão.”
d) “A arte não é outra coisa se não a força de sugestão de um detalhe.”
e) “Só obteremos a salvação senão pecarmos.”

  1. Qual alternativa possui o uso adequado da expressão “senão”?

a) Havia dois jogadores, senão três.
b) Senão chover, iremos passear.
c) Senão fizer sol, não iremos à praia.
d) A realização dos sonhos não é senão um esforço contínuo.
e) Espero que você entenda senão conseguirmos almoçar juntos.

Gabarito: 1- D, 2 - B, 3 - B,  4 - D

Baixe agora mesmo 100 questões do ENEM e comece a estudar!

Conclusão 

Neste artigo, explicamos quando usar “senão” ou “se não”. Se você tem outras dúvidas em relação à língua portuguesa, não deixe de conferir outros textos do EAD UMC:

Enem

Veja mais conteúdos da UMC sobre EAD e educação

3 livros de Guimarães Rosa que já caíram no Enem

Você sabe quais livros de Guimarães Rosa podem cair no Enem? Esse é um dos autores com um dos estilos mais únicos da ...
6 min de leitura

4 livros de Clarice Lispector que já caíram no Enem

Os livros de Clarice Lispector sempre aparecem no Enem. Afinal, a autora foi uma das notáveis da literatura brasileira, ...
6 min de leitura

Como aproveitar ao máximo o tempo de prova do Enem

Lidar com o tempo de prova do Enem é um dos maiores desafios para muitos participantes. Afinal, o exame tem um número ...
6 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Enem
Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Posts mais recentes