Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Enem

Os principais tipos de argumentação para usar na sua redação do Enem

Cursos de graduação EAD

O que faz um UX designer e como trabalhar na área

Enem

Os principais tipos de argumentação para usar na sua redação do Enem

Redação
Por Redação em Jun 27, 2022 3:09:00 PM | 6 min de leitura

 

A redação do Enem é uma das etapas mais importantes do exame e de grande expectativa para os estudantes. Afinal, a temática só é conhecida no momento da prova, e muitas pessoas ainda não sabem muito bem como se preparar para ela.

A principal característica da redação do Enem é a argumentação, então se preparar para trazer boas ideias e conhecer o modelo exigido pelo exame –dissertativo-argumentativo — certamente é o primeiro passo para começar os estudos.

Sabe algo que pode ajudá-lo nesse sentido? Conhecer os tipos de argumentação que você pode usar na redação do Enem.

Talvez você não saiba, mas é possível usar diversas estratégias para construir um pensamento lógico e bem encadeado, e uma das formas de fazer isso é investindo nos tipos de argumentação mais conhecidos.

Neste artigo, falaremos sobre eles e explicaremos a importância de ter uma boa argumentação para a redação do Enem. Fique conosco!

Aqui você vai conferir:
A importância da argumentação na redação
Tipos de argumentação
1. Argumento de autoridade
2. Argumento por comprovação
3. Comparação
4. Causa e consequência
5. Exemplificação
6. Enumeração
7. Alusão histórica
Conclusão

Descubra os segredos para tirar nota 1000 na redação do ENEM!

A importância da argumentação na redação

A redação do Enem segue o modelo de texto dissertativo-argumentativo. Você sabe qual o principal elemento desse tipo de texto? A argumentação!

O objetivo da redação dissertativa-argumentativa é convencer o leitor de determinado posicionamento, e isso só pode ser feito com a construção de linha argumentativa coerente. É ela que vai dar todo o fundamento e amarrar as ideias do seu texto.

Sendo assim, a argumentação é extremamente importante para elaborar um bom texto e alcançar uma nota alta na redação.

Lembre-se que sua capacidade argumentativa é avaliada em 2 das 5 competências do exame, confira:

  • Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Por isso, construir uma boa argumentação é fundamental para alcançar uma nota alta no Enem. E se existe algo que pode ajudar muito nisso é conhecer os tipos de argumentação que existem.

A seguir, falaremos mais sobre eles!

>>> Leia mais: Enem: 8 dicas para fazer uma redação nota mil!

Tipos de argumentação

Existem diversos tipos de argumentação que podem ser usados na redação do Enem. Abaixo, apresentamos as principais:

1. Argumento de autoridade

Você já deve ter visto que para elaborar alguns textos, especialmente jornalísticos, é comum que os autores recorram a opinião de especialistas, certo?

Isso é feito para conferir credibilidade e autoridade ao texto, deixando-o mais rico e dando força à argumentação.

Sabia que você pode usar essa estratégia também na sua redação?

Citar figuras consagradas ou especialistas relacionados à temática — e que tenham autoridade para falar sobre o assunto — é uma ótima estratégia argumentativa.

Na redação do Enem, você pode utilizar exatamente o que os especialistas dizem, usando aspas, ou, se não lembrar tudo ao pé da letra, fazer referência a essa pessoa relacionando as ideias dela com as suas.

Isso se chama argumento de autoridade, e é uma ótima forma de construir a argumentação da sua redação!

2. Argumento por comprovação

Dados estatísticos e estudos costumam ser muito usados em textos de diversos gêneros, não é mesmo? Sabia que na redação do Enem eles também podem ser aplicados?

Para que o leitor acredite naquilo que você está argumentando, é preciso que exista algum tipo comprovação, certo? Essa comprovação pode ser feita através de estudos, dados estatísticos e pesquisas.

Ou seja, o argumento por comprovação é uma forma de comprovar a sua tese e reforçar sua linha argumentativa.

Por isso, pode ser interessante ter conhecimento de alguns dados estatísticos gerais do Brasil, por exemplo:

  • dados sobre violência contra a mulher e outras minorias sociais;
  • dados sobre saúde mental;
  • dados acesso à internet;
  • dados sobre desigualdade social.

Ter essas informações pode ajudar muito a construir sua linha argumentativa e a alcançar uma boa nota.

>>> Leia mais: O que zera a redação do Enem?

tipos de argumentação - jovem escrevendo em caderno

3. Comparação

Outra maneira de construir sua argumentação é através da comparação.

O argumento de comparação pode ser feito de diversas formas:, como entre:

  • pensadores;
  • filosofias;
  • ideologias;
  • períodos históricos;
  • políticas econômicas;
  • tecnologias;
  • obras de arte.

Por exemplo: digamos que a temática da redação seja o impacto das redes sociais no comportamento das pessoas.

Nesse caso, você pode comparar como era o relacionamento entre as pessoas quando havia exclusivamente veículos de comunicação de massa offline e agora, com o mundo digital. Ou seja, você compara dois períodos históricos distintos.

Essa estratégia pode ajudar a encadear o seu texto e melhorar sua argumentação.

4. Causa e consequência

Entre as estratégias argumentativas possíveis, uma das mais comuns é a de causa e consequência.

Ao optar por esse tipo de argumento, você deve explicar os motivos e porquês de um determinado problema e apresentar as consequências dele.

Lembre-se que as consequências podem ser positivas ou negativas, dependendo da tese que você apresentar na introdução.

>>> Leia mais: Como ganhar um repertório coringa para redação e se dar bem no Enem

5. Exemplificação

Esse é o tipo de argumento mais utilizado nas redações: a exemplificação.

Como o nome indica, ela consiste em usar um exemplo concreto, como uma notícia, um acontecimento, filme ou livro, para ilustrar a sua tese.

Afinal, ficará mais fácil convencer o leitor da tese defendida no texto se este conseguir associar com algo presente em sua realidade.

Por exemplo, se você está escrevendo sobre um tema que envolve saúde mental da população e quer mencionar a responsabilidade das entidades públicas de oferecer tratamentos, trazer o filme Coringa pode ser uma ótima forma de ilustrar a questão.

Foi o que fez a estudante Adrielly Clara Enriques, de 18 anos, que utilizou o filme como exemplo para falar do tema “O Estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira“, em 2020. Ela foi uma das 28 pessoas que alcançaram nota máxima na redação do Enem no ano em questão.

6. Enumeração

Nesse tipo de argumentação, você vai enumerar uma série de ideias que corroboram sua tese. Você pode fazer isso por meio de vírgulas, bullet points ou listas numeradas.

Por exemplo, se o tema for importância do empoderamento feminino, você pode sugerir algo como:

O movimento de empoderamento feminino é fundamental para:

  • garantir igualdade de gênero;
  • diminuir a violência e feminicídios;
  • saldar uma dívida histórica;
  • aumentar a presença da mulher em espaços-chave na sociedade.

>>> Leia mais: Os 7 livros que mais caem no Enem

7. Alusão histórica

Por fim, outra estratégia argumentativa que você pode usar é a alusão histórica. Por meio dela, você aborda fatos históricos conhecidos para sustentar e encadear sua argumentação.

Alguns dos acontecimentos e períodos históricos mais usados são:

  • Ditadura Militar no Brasil;
  • Revolução Industrial;
  • Crise econômica de 1929;
  • Período colonial;
  • Escravidão;
  • Nazismo e fascismo;
  • A filosofia na Grécia e Roma Antiga.

Conclusão

E aí, gostou de conhecer os tipos de argumentação para usar na redação do Enem?

Se esse conteúdo foi útil para você, não deixe de conferir outros textos do EAD UMC:

Enem

Veja mais conteúdos da UMC sobre EAD e educação

As vanguardas europeias que influenciaram o modernismo brasileiro

As vanguardas europeias são um conjunto de tendências artísticas que provocaram uma ruptura na tradição cultural do ...
9 min de leitura

O Realismo em Machado de Assis [Literatura no Enem]

Machado de Assis foi um dos autores mais importantes da literatura brasileira. Não é à toa que muitos críticos, ...
7 min de leitura

Mário de Andrade: livros que já caíram no Enem

Você sabe quais livros de Mário de Andrade já caíram e podem aparecer de novo nas questões do Enem? Mário de Andrade é ...
6 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Enem
Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Posts mais recentes